Método Malaguzziano: a pedagogia da escuta

Este método foi criado em 1963, após a Segunda Guerra Mundial, pelo revolucionário educador italiano Loris Malaguzzi, quando inaugurou a primeira escola de jardim da infância em Reggio Emilia destinada às crianças de 0 a 3 anos de idade. Loris foi um autêntico representante da força criativa das experiências pedagógicas para a primeira infância.

Com o decorrer dos anos, a eficiência do ensino das instituições educativas reggianas, começa a ser propagadas. Nestas escolas de Educação infantil, a criança traz consigo um pré-conhecimento. Para Malaguzzi, as crianças precisam ser escutadas pelos seus docentes. O que elas pensam, como desenham, como buscam demonstrar suas habilidades. O conhecimento, para Malaguzzi, não é linear e sim, as crianças apresentam um papel ativo na obtenção de novas experiências.

Escutar as crianças muda o modo como pensamos sobre elas, muda nossos entendimentos e perspectivas sobre como aprendem e nossa imagem delas, enxergando mais claramente seu incrível potencial, sua riqueza, seus talentos, seus entendimentos e suas visões de mundo, seus sentimentos e relações com outras crianças e adultos à sua volta. Crianças e educadores integram um grupo de aprendizagem e são parceiros que inspiram, dão apoio e promovem o discurso, o diálogo e uma abordagem de documentação que registre a luta por significado.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *